terça-feira, 12 de maio de 2009

Silêncio...


É no Silêncio que te encontro.
Em Silêncio li os melhores livros. Em Silêncio tive os pensamentos mais lúcidos.
É em Silêncio que medito, que me encontro, que me descubro...
É em Silêncio que te desejo...

5 comentários:

susana disse...

O grande segredo é encontrar o silêncio num mundo de ruídos. É também encontrar ruído entre os nossos silêncios.
Eu não sou muito de silêncios. Expresso-me sob a forma de grito.
Mas este poema é muito belo.
Beijo cunhadita!

Tia_Cunhada disse...

Cada vez mais... silence is my middle name...

Bjs

antonio - o implume disse...

Uma mulher em silêncio! O melhor é não dizer mais nada e sair de fininho...

antonio - o implume disse...

Por vezes o silêncio é ensurcedor, especialmente quando se faz de omissão!

Tia_Cunhada disse...

Também conheço esse outro Silêncio, o da omissão...
Aqui falo do meu mundo, do meu espaço. Afinal, uma grande parte da nossa vida é vivida sob a forma de sonho.
São os sonhos que compensam a realidade...

Bjs...