sábado, 9 de janeiro de 2010

Haiku II



Poderoso mar
Todavia sucumbe
em calma areia...

(Tia)

foto da minha Nikon
Moledo 22.Dez.09

25 comentários:

José Rui Fernandes disse...

Vamos lá brincar com as tuas palavras (estou a viciar-me!):

Areia calma
Mar todo poderoso
nela sucumbe...


Beijo

susana disse...

Jamais sucumbe
a areia, ante
poderosos mar

Este ZR anda a obrigar-nos a pensar! É que o rapaz toca a flauta e a gente segue-o!

Linda foto tia. O Haiku merece!

antonio - o implume disse...

Espantoso o teu haiku! Ninguém devi da brincar com ele, mas ficar apenas assim a saboreá-lo!

Tia_Cunhada disse...

Olá José Rui, conseguiste fazer um outro haiku e até respeitaste a métrica. Estás um mestre nisto :-)

Su, e nós lá vamos atrás desta flauta mágica...
Quanta inspiração :-)

António, que bom!
Até o meu professor apreciou este meu haiku.

Beijinho a todos e bom Domingo (com neve aqui na Maia)

José Rui Fernandes disse...

António, sabe como Bach aperfeiçoou a sua técnica de composição? Transcrevendo obras de outros compositores, adaptando-as a outros instrumentos!...
Antes de conhecer a Tia e a Susana nunca tinha feito haikus ou aforismos...

susana disse...

antónio: já há muito que me deliciei com os Haiku da Tia. Insisti com ela para que os publicasse. Brincar, brinco sempre, com ela principalmente, que sei que aprecia.

susana disse...

Neve na Maia? Na minha maia não vi nevar?!

avlisjota disse...

Olá Tia

Atendendo à simplicidade, à métrica e ao sentido... poderá este abaixo ser um haiku?

No alto sonho
exímio ímpeto
foi sereia mar!

Beijo

avlisjota disse...

Este teu haiku quanto a mim está fabuloso!
Tecnicamente perfeito, capta a leveza de um instante, opõe uma matéria estática a uma força da natureza que é o mar...

Esta é a analise que faço ao teu haiku

beijo e boa semana!

José

Tia_Cunhada disse...

Su, se calhar ainda dormias... até me inspirei para outro haiku :-)

José, pela métrica talvez sim... mas confesso que ainda não apanhei o seu significado. Recorreste ao abstracto que não facilita, a quem lê, a imediata percepção do seu sentido.
Atenta neste instante brilhantemente captado (não por mim):

Festa das flores.
Acompanhando a mãe,
Uma criança cega.

Que pena, que ironia uma criança cega ir à festa das flores...

Beijinho

Tia_Cunhada disse...

Obrigada José. Este saiu inspirado no mar de Moledo :-)

Beijinho e uma excelente semana

susana disse...

Dormia? A ver a neve?

Tia_Cunhada disse...

Su, hoje quando acordei estava a nevar aqui para os meus lados. Sim, sim... bem giro!
Pena ter sido por pouco tempo.

Beijinho

susana disse...

Siiimmmm! Dormiamos todos! Porque hoje é Domingo!

Tia_Cunhada disse...

Pois perderam um espectáculo giríssimo e muito raro por estas bandas... :-)
Bjs

avlisjota disse...

No profundo sonho, num ímpeto maravilhoso, foi sereia no mar.

Acho que tem e elemento natureza mas não tem o factor irónico.
É um sonho perfeitamente normal! Talvez...assim que achas?

Em alto sonho
galinha cacareja
no pino da Sé...

Bj

susana disse...

Inspirei-me:

Galinha que cacareja
em ramo alto, sonha,
do galo o salto


Uau! Fantástico Kuai!!!!!!!!!!!

Tia_Cunhada disse...

Kuhai de galinha... está bem, está!
Kuanta inspiração.

susana disse...

Isto é que é escrita verdadeiramente criativa!

Tia_Cunhada disse...

Eu diria mais... escrita transcendental...
Ai se o nosso Prof visse isto... Se calhar gostava!

susana disse...

Ui... nem lembres. Acho que ele nos "deserdava"...
Se bem que... ele gostou daquele meu disparate.

Casemiro dos Plásticos disse...

Ui andamos poeticos é?

Tia_Cunhada disse...

Foge Casemiro... tu foge!

Beijinho

Charlotte disse...

Olha que tens jeito para estes Haiku!
Gosto particularmente deste! Continua!

Beijinhos

Tia_Cunhada disse...

Obrigada Charlotte. Que bom ter-te por cá.
Beijinho