sábado, 5 de setembro de 2009

A tua mão...

Foi a tua
a mão que acariciou o meu corpo
desenhou os meus lábios
e me despertou um sorriso

Foi a tua
a mão
que me apertou naquele abraço
de aconchego
e afastou de mim o medo... de não te ter...


Foi a tua
a mão que escreveu um verso na minha pele
que o tempo jamais há-de apagar

E um dia
quando a força da vida a um dos dois cessar
é a tua
a mão que quero segurar...

12 comentários:

susana disse...

Espero que esta mão saiba valorar o apreço que lhe tens.

Tia_Cunhada disse...

Um dia saberei... :-)
Um beijo

pin gente disse...

lindíssimo!
tão ternurento quando a vida isso permite.
beijos com lágrimas nos olhos

Tia_Cunhada disse...

Obrigada linda :-)

Um beijo

PAS[Ç]SOS disse...

A mão pode ser a corda a que nos agarramos e que nos agarra, a que nos suporta... mas nestas palavras ela é muito mais do que isso. Assim seja real a mão e os sentimentos que traça.

Tia_Cunhada disse...

PasÇsos, a saudade já apertava... que bom ter-te de volta.

Tudo passa nesta vida, nada é eterno... que pena...

ANGELINA GOMES disse...

Tia... que veia poética!

Beijo, Angie

antonio - o implume disse...

A mão que nos envolve não se cobra de futuros...

Um bom momento.

Charlotte disse...

Que linda dedicatória!
Que vivam de mãos dadas por muitos e longos anos...

Beijinhos

Tia_Cunhada disse...

Angie, bem-vinda ao mundo da blogoesfera :-)
Obrigada pela tua visita.

António, há mãos que se querem em nós mas livremente... Só assim vale a pena.

Charlotte, obrigada. Um beijo

mdsol disse...

A tia zen tem lá um prémio
Beijinho

:)))

Tia_Cunhada disse...

Uau... vamos lá ver isso :-)

Beijinho Miss Solarenga